quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Eutanásia

E se alguém de quem gostas estivesse em coma 17 anos???
E se soubesses que era impossivel ela(e) voltar á vida?
E se soubesses que foi diagnosticada morte cerebral?
E se soubesses que só as máquinas o (a) mantinham na Terra?



Qual seria o mal da eutanásia neste caso?
Quais serão os casos em que a eutanásia não seria posta em causa?

3 comentários:

Salto-Alto disse...

É um tema sem dúvida muito controverso e difícil!

Ominona disse...

Li hoje esse caso no Jornal. É complicado. Eu sou a favor, mas é como a Salto-Alto diz e bem (como sempre) é controverso e dificil.
Dificil porque tem que ser visto caso a caso, e como se sabe as leis são gerais e abstractas. Por exemplo, se é uma pessoa que a vida toda indiciou ou mesmo chegou a dizer que se algum dia caisse numa cama num coma profundo durante anos preferia que a matassem, é a sua vontade. Agora se nunca disse, nem indiciou nada nesse sentido é complicado? Quem vai decidir a familia? E se ela até era uma pessoa lutadora? Para não esquecer a pressão da Igreja neste assunto. O (palhaço) do Berlusconi e do governo dele vai fazer um decreto-lei à pressão para proibir rapidamente a interrupção dos tratamentos necessários para se subreviver naquele estado de coma. Isto, porque os médico já deram a opção à familia dessa mulher para por termo à "vida" dela. Tudo isto, porque como diz o cobarde " O Governo não pode ignorar as pressões e solicitações da Igreja"
Enfim, governantes sem convições e valores próprios.

É um tema complicado.E partilho das tuas questões.
bj

Mystic disse...

é verdade! é um tema muito complicado, eu também sou a favor até certo ponto, se até a minha opinião é difusa e incerta como é k a dos outros não será?

não axo é piada nenhuma a politiquices e cristianices a meterem-se no meio sem terem nada ver com o assunto, se fosse com a familia de alguem de algum dos meios, e saberem que estão a fazer sofrer a pessoa em questão gostaria de saber qual o rumo que dariam nesse caso????